CRB Recife reflete sobre Vida Consagrada e Envelhecimento

A CRB Regional de Recife realizou no último dia 12, o encontro formativo que contou com a presença de 190 religiosos e religiosas. O evento aconteceu na Faculdade Damas, e teve com o assessora Irmã Annette Havenne que refletiu o tema “Envelhecimento e Vida Religiosa Consagrada.

 Participou do encontro pela CRB Nacional e assessor executivo para as Publicações, Irmão Lauro Daros, que assim resumiu a fala de Irmã Annette:

“ O envelhecimento é um processo natural. Ficar velho é coisa de cabeça e começa em qualquer idade.

Como dou sentido ao processo de envelhecimento? Sempre é possível retornar e assumir novas atitudes. As situações que sofri nas fases anteriores podem ser limitadoras, mas posso usá-las para fazer coisas fantásticas. Não sou vítima das circunstâncias, mas das atitudes que tomo. Posso reverter todas as situações limitadoras do passado. Eu não sou a situação, sou a atitude que tomo diante da situação. As virtudes teologais são 4: Fé, Esperança, Caridade e Senso de Humor.

“A cana-de-açucar, mesmo moída e esmagada, só sabe dar doçura”. (Dom Hélder)

Como está na relação com o corpo? A VRC faz de conta que o corpo não existe? Cuidar da saúde, da  higiene, da alimentação, do lazer. Não se trata de idolatrar, na visão capitalista, mas de aceitar cada fase. Eu não tenho um corpo, eu sou o corpo. Como trabalho a relação com o meu corpo?

As boas relações humanas auxiliam no envelhecimento com qualidade, com alegria. Envelhecer bem é um processo. Eu escolho o tipo de idoso que desejo ser.

Sou o que faço. Sou com e sou para. Deve-se fazer tudo o que se pode e nada além do que se pode. E pedir ao Espírito Santo o dom do discernimento.

Leveza. Leveza tem a ver com simplicidade. Os votos me ajudam a ficar leve. Substituit o “devo” pelo “escolho”. Isso traz leveza e liberdade interior. Aquilo que devo não é valor, aquilo que escolho se torna valor. Eu escolho = Energia autônoma. “Aquele que tem o “porquê” suporta qualquer “como”. Nietzsche

A VRC e a Igreja não têm uma missão. É a missão que tem a VRC e a Igreja.

Mística e profecia, sem docotomia, sem dualismo, sempre juntas. A missão não é salvar as pessoas para Deus, mas salvar Deus no coração das pessoas”.

Fonte: Irmão Lauro Daros, fms

Posts relacionados

É Advento!

É Advento! Tempo de caminhar na esperança! Tempo de esperançar! Tempo de estar vigilantes e atentos aos sinais dos tempos! Atentos aos sinais de que

Leia mais »