Assine a Carta Aberta – Assistência Religiosa nos Presídios

A Pastoral Carcerária Nacional convida todas as entidades comprometidas contra as violações de direitos e com a luta anti-cárcere a assinar a carta aberta em repúdio à proposta do Depen de substituir a assistência religiosa presencial por “sistemas fechados de áudio na forma de rádios ecumênicas”.

Não se trata de uma medida para ampliar a assistência religiosa pelo país, como pode parecer em um primeiro momento; o Depen explicita que “com um sistema de áudio remoto, inexistiria a necessidade da entrada dos líderes religiosos nas áreas internas dos estabelecimentos, como ocorre hoje”.

Da mesma forma, não é uma proposta que seria adotada exclusivamente durante a pandemia. Trata-se de uma medida duradoura, que destruirá a assistência religiosa nos presídios, substituindo a presença física de representantes religiosos pela voz unilateral da rádio.

Não podemos permitir mais esse retrocesso e um maior fechamento ao cárcere para a sociedade civil em acessar as penitenciárias brasileiras. Se a proposta for aprovada, haverá muitos empecilhos pós pandemia para continuar as visitas. 

Para ler a carta na íntegra e assinar, acesse o link:

https://docs.google.com/forms/d/142K24iR7L6SkF2oDRQ02W5wH-h-SqhNrk7Da8EjzQkA/edit?ts=60b536d6

Posts relacionados