08 de fevereiro dia mundial de oração e enfrentamento ao Tráfico Humano, Dom Walmor Oliveira, presidente da CNBB, convida para reflexão

Dom Walmor faz um alerta ao número de vítimas do tráfico de pessoas, principalmente mulheres e crianças, as ameaçadas deste crime.

“A Força do Cuidado: Mulheres, Economia, Tráfico de Pessoas”.

Segundo o Relatório Global do (UNODC) de 2020 sobre Tráfico de Pessoas, as mulheres representam 72% das vítimas. Elas são as mais suscetíveis a exploração de trabalho precário e abusos. No Brasil, com a pandemia da Covid-19, a violência doméstica, a insegurança alimentar e o índice elevado de desemprego, contribuem para o aumento do Tráfico Humano.

Em razão do tema ser pouco discutido e até mesmo a dificuldade em reconhecer que seres humanos é uma “mercadoria” de interesses, a Comissão Episcopal Pastoral Especial para o Enfretamento ao Tráfico Humano (CEPEETH), vinculado a CNBB, em parceria com a Rede Internacional de Vida Consagrada Talitha Kum, realizarão dia 08 de fevereiro, o Dia Mundial de Oração e Reflexão Contra o Tráfico de Pessoas.

#08defevereiro #SantaBakhita #TráficodePessos #CEPEETH #CNBB
#humantrafficking #prayfortheworld #denunciedisque100

Posts relacionados

Hino oficial da 26ª AGE

Há um apelo ecoando pela Igreja: “Novo sentido” [ressignificação] em caminho sinodal: Dialogar e cultivar a esperança, Profetizar a ecologia integral.   O Coração Divino

Leia mais »