Por Assessoria de Imprensa| 05.09.2015|Teve início na noite da última sexta, 4, em Porto Alegre-RS,  o encontro da juventude da Vida Religiosa Consagrada  da região sul do Brasil. Cerca de 70 jovens vêm do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul para rezar, refletir, fazer uma experiência de missão na capital gaúcha animados pelo lema do encontro “venha para fora”.  O evento é uma preparação para o Congresso Nacional das Novas Gerações da Vida Consagrada que acontecerá em Brasília, no mês de fevereiro de 2016  e que pretende reunir 1200 religiosos.

ordo com a coordenação, o pré-congresso tem como objetivos  incentivar a construção da “civilização do amor” promovendo um espaço celebrativo e reflexivo para dinamizar a caminhada das Novas Gerações da Vida Religiosa Consagrada;sair ao encontro, a luz do mandato de Jesus  “Venha para fora!”, que desinstala e envia em missão; testemunhar a alegria do ser Religiosa(o) Consagrada(o) que se renova e comunica. (cf. EG nº1).

Na abertura, o coordenador das novas gerações na região sul e membro da coordenação nacional, o missionário da Congregação dos Padres do  Sagrado Coração de Jesus (dehoniano), padre Nilson Helmann, convidou os jovens a vivenciarem a experiência da casa de Betânia, referindo-se à proposta da Confederação Latinoamericana e caribenha de Religiosos e Religiosas, ‘Bethânia, casa de encontro’. “Como Vida Religiosa Consagrada somos chamados a ser homens e mulheres de encontro, a ser encontro. É um convite de Deus, pois fomos criados para a comunhão, para a alteridade, para a Transcendência.

Padre Nilson ressaltou que as “comunidades religiosas são chamadas a ser, a partir da imagem de Bethânia, uma verdadeira casa, um espaço que acolhe, recebe, que estabelece limites e ao mesmo tempo mantem aberta a porta da liberdade, do mesmo modo, as janelas por onde entra e sai o alento criador do Espírito Santo”.  Bethânia, acrescentou, é casa de identidade, de comunhão, de compaixão, de diálogo, de acolhida, casa da unção e casa do serviço amoroso”.

A assessora executiva da CRB Nacional, a missionária scalabriniana, Irmã Rosa Maria Martins Silva, saudou os jovens em nome da Conferência.  “Saudações fraternas  repletas da certeza de que a alegria e o entusiasmo pelo Evangelho de Jesus e o desejo de que o Reino de Deus rodeado pela justiça, pela fraternidade, pelo cuidado pela vida, e pela igualdade fazem pulsar o coração de cada um de vocês, fazem andar incansavelmente os vossos pés, fazem movimentar em variados gestos de doação as vossas mãos e preenchem os vossos intelectos. São esses movimentos por amor do Reino que dão e darão sentido as vossas vidas e razão de ser à vocação”.

Irmã Rosa recordou ao grupo a mensagem do Papa Francisco ao jovens consagrados por ocasião da abertura do Ano da Vida Consagrada.  Francisco pedia ao jovens para “não caírem  na tentação dos números e da eficiência, e tampouco confiarem em suas próprias forças. A caridade não conhece limites e precisa de entusiasmo para levar adiante o sopro do Evangelho nos mais diversos ambientes sociais e culturais”. É necessário, afirmava  o Papa, “que os consagrados saibam transmitir a alegria e a felicidade da fé vivida em comunidade, por meio do testemunho do amor fraterno, da solidariedade, da partilha que dá valor à Igreja. Uma Igreja que deve forjar profetas visionários e capazes de interpretar os acontecimentos, denunciando o mal do pecado e da injustiça”.

Martins enfatizou a importância do encontro com Jesus no monte para aprender Dele mesmo como atuar na planície. “Jesus falava com o Pai no monte para ouvir Dele como se comportar na planície e para receber Dele a coragem, a indignação e a audácia necessárias para tornar realidade o seu Reino”.

Ainda, segundo Irmã Rosa, a planície na qual a Vida Religiosa Jovem está inserida e onde a vida clama, requer um novo olhar, a audácia e a indignação que só o encontro com o Senhor pode inspirar. “Não podemos como jovens religiosos que somos fechar os nossos olhos para uma planície onde a vida clama pelo desejo de ser respeitada: A vida da natureza – degradada pelo nosso desrespeito; a vida dos seres humanos, rostos desfigurados, no campo (camponesas, os trabalhadores rurais), na cidade, nas favelas ( crianças, jovens, mulheres e homens marcados pelo sofrimento, pela pobreza, pela injustiça), no mar (imigrantes morrendo aos milhares por tráfico e falta de acolhida), os indígenas e os ribeirinhos, populações marginalizadas pela ganância do ser humano e pela dinâmica do capitalismo selvagem.  Não podemos olhar para estas realidades como todos olham, mas com olhar de consagrados e de seguidores de Jesus de Nazaré, desejosos de que o Reino aconteça no meio de nós”, concluiu.

O pré-congresso continua até o próximo dia 7. Momentos fortes de oração, missão pela cidade de Porto Alegre e aprofundamento do tema ‘#compartilhealegria’, com assessoria do teólogo dehoniano, padre Marcial Maçaneiro, são algumas das atividades que constituem o encontro.

Veja imagens no face da CRB Nacional

SDS Bloco H - nº 26 - Sala 507 - Edfício Venâncio II

CEP: 70393-000 - Brasília - DF - Brasil (061) 32265540 - Fax: (061) 3225 3409 crb@crbnacional.org.br

2018 - CRB Nacional.org.br

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?