União das Superioras Gerais Brasileiras tem nova coordenação

Por Rosinha Martins |28.08.2015| A  União das Superioras Gerais Brasileiras acaaba de eleger na manhã desta sexta, 28, a sua nova coordenação. Foi nomeada presidente, a Irmã Mõnica Maria de Souza, da Congregação das Franciscanas do Coração de Jesus.

Foram eleitas como membros da coordenação  Irmã Isaura Souza Cordeiro, da Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas, Irmã Silma Maria de Araújo, da Congregação das Franciscanas de Nossa Senhora do Amparo e Irmã Vera Lúcia Alves de Andrade, da Congregação das Filhas de Santa Teresa.

A 38ª Assembleia da União das Superioras Gerais das Congregações Brasileiras, teve início no dia 25 de agosto  no Centro de Estudos do Sumaré – RJ com o tema “À luz da Palavra de Deus fortalecer a missionariedade na inserção, onde a vida está ameaçada”  e lema “Eu vi, escutei, desci… Vai eu te envio”. A Assembleia conta com a participação de 85 Superioras e Superiores Gerais. O evento termina nesta sexta, 18.

Leia mensagem das Superioras Gerais das Congregações brasileiras, por ocasião da Assembleia.

 

Queridas Irmãs,

 Queridos Irmãos!

No coração deste nosso país, um esboço geográfico original e belo, com contornos únicos a encantar milhões e milhares, de perto ou de longe. Por muitos cantos desta cidade, os olhares se voltam para Aquele que, com seus braços continuamente abertos, acolhe com ternura a todas e todos que chegam: o Cristo Redentor. Para Ele não há limites na acolhida. Com estas palavras, apresentando o tema da assembleia e lembrando que estamos no ano da Vida Religiosa Consagrada, Ir. Cacilda fez a abertura da XXXVIII Assembleia Eletiva USGCB que foi realizada nos dias 25 a 28 de agosto de 2015. Na Cidade maravilhosa, cheia de encantos mil, cidade maravilhosa, coração do meu Brasil: Rio de Janeiro.

Com música e dança em clima de verso e rima os regionais foram acolhidos e envolvidos na beleza do ambiente, compondo um belo jardim de violetas representando as 68 Congregações Brasileiras, cenário que embelezou o ambiente durante a Assembleia.

“Eu vi, escutei, desci… Vai, Eu te envio!” cf. Ex 3, 7-10, foi o tema que aqueceu nosso coração, desde as palavras iniciais da Irmã Cacilda até os encaminhamentos finais da assembleia.

O tema foi aprofundado pelo Pe. Valentim Fagundes de Meneses, MSC, que em sua assessoria, aqueceu nosso coração missionário, convidando-nos a aprofundar e refletir sobre a vivencia dos nossos Carismas e os lugares de missão que Deus nos envia, como enviou Moisés e Jonas e nossos fundadores e fundadoras, para os lugares nos quais a vida está mais necessitada. Estamos nestes lugares?

A assembleia foi enriquecida com a partilha da experiência junto aos excluídos da sociedade, relatados por quatro pessoas consagradas que vivenciam esta realidade no seu dia a dia.

Iluminadas/os por esta partilha, fomos convidadas/os a detectar as novas pobrezas que estamos vendo e sentindo na sociedade, perceber onde a sarça está ardendo hoje e a missão que somos convidados a assumir na realidade atual. Convidamos cada membro de nossas congregações para aprofundar esta reflexão e intensificar a vivencia.

Num tempo de descontração e lazer fizemos um passeio junto ao Cristo Redentor. Aos seus pés celebramos a Eucaristia num clima de alegria, fraternidade, partilha e contemplação da exuberante natureza e da sua força.

Animadas/os pelas bênçãos do Cristo, sentimos sua presença na caminhada do triênio, ao contemplarmos a apresentação do relatório das atividades, os serviços de secretaria e economato nos mostrando que, é possível uma leveza na organização com unidade no essencial, enriquecida pela diversidade dos dons e carismas colocados a serviço. Destacando a participação de todas as congregações na corresponsabilidade com a USGCB.

Agradecemos a equipe pela missão realizada com harmonia e leveza e pedimos que a Trindade as acompanhe na sua nova missão.

À nova equipe, nosso agradecimento pela disponibilidade em servir. Contem com nosso compromisso em continuar colaborando com a caminhada da USGCB na dinamização das prioridades assumidas para o período 2016 a 2018:

1. Solidariedade e intercongregacionalidade – 2016

2. Resgatar a humanização nas relações fraternas para

fortalecer o núcleo  identitário da vida religiosa  – 2017

3. Cultivar a mística do cuidado da casa comum, comprometida

com a vida religiosa em saída. 2018.

Nosso agradecimento pela visita e palavras de incentivo, recebidos do Cardeal D. Orani Tempesta, Dom Roberto Lopes, bispo auxiliar e responsável pela VRC da Arquidiocese do Rio de Janeiro e de Irmã Maria Inês Ribeiro, presidente da CRB Nacional.

Com as bênçãos e o abraço do Cristo Redentor, desejamos a coragem e o entusiasmo para cada uma e cada um, continuar acolhendo com alegria a missão profética para a qual for enviada/o.

Rio de Janeiro, 28 de agosto de 2015.

Superioras e Superiores Gerais das Congregações Brasileiras

 

Posts relacionados

Nota do CIMI

Nota do Cimi O Conselho Indigenista Missionário (Cimi) manifesta sua solidariedade ao povo Guarani e Kaiowá e cobra justiça pelo assassinato de Vitor Fernandes “Eu

Leia mais »