Papa Francisco nomeia Pe. Maurício Jardim como bispo da Diocese de Rondonópolis-Guiratinga (MT)

O Papa Francisco nomeou, nesta quarta, 8 de junho, Pe. Maurício da Silva Jardim como bispo da Diocese de Rondonópolis-Guiratinga, no Estado do Mato Grosso. Pe. Maurício é natural da Arquidiocese de Porto Alegre (RS) e exerce a coordenação continental das Pontifícias Obras Missionárias (POM), atuando há mais de 5 anos na direção nacional da instituição.

Biografia
Nascido em 09/02/1969, Pe. Maurício Jardim é o sexto e último filho do casal Cecy da Silva e Honório Jardim (falecido). Natural de Sapucaia do Sul, estado do Rio Grande do Sul, pertence ao clero da Arquidiocese de Porto Alegre.

Entrou para o seminário São José de Gravataí (RS) na etapa do propedêutico em 1991, com então 21 anos. Licenciado em Filosofia em 1994 pela Faculdade de Filosofia Nossa Senhora da Imaculada Conceição – FAFIMC – Viamão (RS). Bacharel em Teologia em 1999 pelo Centro de Estudos Teológicos São João Vianney (CETJOV). Viamão (RS). Pós-graduado em Psicopedagogia em 1998 pela Faculdade de Filosofia Nossa Senhora da Imaculada Conceição – FAFIMC – Viamão (RS).

Foi ordenado presbítero em 11 de dezembro de 1999 na paróquia Nossa Senhora de Fátima de Sapucaia do Sul (RS). Foi assessor da Pastoral da Juventude da Arquidiocese de Porto Alegre de 2002 a 2007. Missionário em Moçambique de 2008 a 2012 pelo projeto Igreja Solidária do Regional Sul III da CNBB. Pároco em três paróquias da Arquidiocese de Porto Alegre (Divino Pai Eterno, Nossa Senhora do Caravággio e São Vicente Pai dos Pobres) e Vigário Paroquial das paróquias São Vicente de Paulo e Santa Terezinha. Foi Orientador Espiritual do curso propedêutico 2014 e 2015. Coordenador da Pastoral presbiteral da Arquidiocese de Porto Alegre 2013-2016 e Vice coordenador do Regional Sul III da CNBB. Nomeado em novembro de 2015 como Animador Vocacional da arquidiocese de Porto Alegre. Em janeiro de 2015, cursou a primeira etapa do curso de Especialização Lato Sensu para Formadores de Presbíteros Diocesanos no Instituto São Tomás de Aquino (ISTA), BH-MG.

Em março de 2016 foi nomeado pelo cardeal Fernando Filoni, prefeito da Congregação da Evangelização dos Povos, Diretor Nacional das Pontifícias Obras Missionárias (POM) com mandato de 2016 a 2021. Cursou a Especialização Lato Sensu em Missiologia pelo Instituto São Tomás de Aquino ISTA, em julho de 2017.

Participou do Sínodo para a Amazônia em outubro de 2019 como perito na teologia da missão. Em março de 2021 foi reconduzido pelo cardeal Antonio Tagle, prefeito da Congregação da Evangelização dos Povos, para a função de Diretor Nacional das Pontifícias Obras Missionárias (POM) com mandato de 2021 a 2026. Em 2021, foi escolhido Coordenador Continental das Pontifícias Obras Missionárias.

Saudação ao Monsenhor Maurício da Silva Jardim

Estimado Monsenhor Maurício da Silva Jardim,

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) recebe com alegria a sua nomeação como novo bispo da diocese de Rondonópolis/Guiratinga (MT). Agradecemos ao Papa Francisco por mais esta nomeação que fortalecerá a presença da Igreja no regional Oeste 2 de nossa Conferência Episcopal, também enriquecida com mais um membro.

Em seus vinte e três anos de ministério presbiteral, o senhor tem vivido a sua vocação como um verdadeiro discípulo missionário para as nações (ad gentes), para fora (ad extra) e para sempre (ad vitam), ora fazendo a experiência missionária em Moçambique, na África, ora atuando como diretor nacional das Pontifícias Obras Missionárias (POM) no Brasil, função que exerce com esmero desde 2016.

Nesta ocasião especial, ecoamos as palavras do Papa Francisco, que em uma de suas mensagens para o Dia Mundial das Missões, recordou com gratidão todas as pessoas, assim como o senhor, cujo testemunho de vida ajudam a renovar o compromisso batismal de ser apóstolos generosos e jubilosos do Evangelho.

Também nos valemos das palavras do Santo Padre, expressas às vésperas do Dia Mundial das Missões de 2019, para animar esta nova etapa do seu serviço à Igreja: “Com Cristo não existem tédio, cansaço e tristeza, porque Ele é a novidade contínua do nosso viver. Ao missionário, é necessária a alegria do Evangelho: sem esta, não se faz missão”.

Que o Espírito Santo o ilumine nesta sua nova missão!

Em Cristo,

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB

Dom Mário Antônio da Silva
Arcebispo de Cuiabá (MT)
Segundo Vice-Presidente da CNBB

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB

 

Mensagem do novo bispo ao povo de Deus da Diocese de Rondonópolis-Guaratinga
Amado Povo fiel de Deus da Diocese de Rondonópolis/Guiratinga. No mês dedicado ao Sagrado Coração de Jesus e na semana onde os bispos da Amazônia estão reunidos para celebrar os cinquenta anos do Documento de Santarém, me dirijo a vocês para manifestar minha proximidade e oração, diante da nova e desafiadora missão episcopal, confiada a mim pelo Papa Francisco. Mesmo com temor, sinto-me confiante na graça de Deus que me ungiu, consagrou e enviou.

Aos presbíteros, diáconos, seminaristas, consagrados, consagradas, lideranças das pastorais, movimentos, serviços, organismos e a todos os cristãos leigos e leigas das paróquias e comunidades, manifesto meu propósito de caminharmos juntos na mesma missão de Deus, dando continuidade às atividades missionárias e prioridades pastorais desta amada Igreja local.

A toda equipe de coordenação do 15º Intereclesial das CEBS que aponta para uma “Igreja em saída, a serviço da vida plena para todos e todas”, me coloco à disposição para somar forças neste caminho de preparação e recepção deste importante encontro eclesial para Igreja do Brasil em julho de 2023.

Agradeço ao Pe. José Éder Ribeiro Lima, pelo seu sim e generosidade na administração da diocese neste longo tempo de vacância e espera do novo bispo. Gratidão a todos vocês que já estão rezando por mim e retribuo com minhas orações neste caminho de preparação a ordenação episcopal e tomada de posse. A ordenação episcopal pretendo celebrar na Arquidiocese de Porto Alegre (RS) no dia 19 de agosto às 19h e a tomada de posse em data a ser combinada.

Sempre a caminho, à escuta do Espírito e do Povo de Deus.
Em comunhão de preces!

Brasília, 8 de junho de 2022.

Pe. Maurício da Silva Jardim
Bispo nomeado para Diocese de Rondonópolis/Guiratinga e
Diretor Nacional das POM

Posts relacionados

Nota do CIMI

Nota do Cimi O Conselho Indigenista Missionário (Cimi) manifesta sua solidariedade ao povo Guarani e Kaiowá e cobra justiça pelo assassinato de Vitor Fernandes “Eu

Leia mais »