Núcleo Lux Mundi inicia segundo semestre com curso on-line de proteção a infância

Por Ronnaldh Oliveira, sdb

O segundo semestre começou e as atividades do Núcleo Lux Mundi vieram a “todo o vapor”. O órgão que desde o ano passado se articula com diversas Congregações, Institutos, Comunidades de Vida e Dioceses a fim de orientar, acompanhar e educar a formação de conselhos locais de prevenção aos casos de violência sexual contra crianças, adolescentes e pessoas vulneráveis, promoveu de 2 a 4 de agosto, o curso online “Proteger a Infância – Proteção Integral e garantia dos direitos fundamentais de crianças e adolescentes”, em parceria com a COPAC (Comissão dos Direitos Fundamentais de Crianças, Adolescentes e Pessoas Vulneráveis do Movimento dos Focolares no Brasil) e da Rede “Um Grito pela Vida”. 

O curso educativo teve como objetivo o fortalecimento do sistema de garantia de direitos, além de fomentar nos mais de 350 participantes, entre eles, religiosos (as), sacerdotes, bispos, seminaristas e leigos, o diálogo sobre as vulnerabilidades sociais em que crianças e adolescentes estão sujeitos.

Fernando Miranda, participante do curso, contou sua experiência no Juizado da Infância e Juventude da Comarca de Betim, do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais: “Estamos iniciando um trabalho muito bacana com a paróquia do bairro Bandeirinhas, em Betim, onde ensinaremos crianças sobre prevenção aos abusos e a importância de relatar, para que possamos tirá-las do estado de vítima e colocá-las a salvo dessa violência. Estamos muito animados para iniciarmos essa ação, que se iniciará esse mês”, relatou.

Os três dias de encontro, tiveram em média duas horas de duração e abordaram os temas: Educação em um contexto de comunidade, a garantia dos direitos infantis e adolescentes; a formação de educadores e as medidas de prevenção; os aspectos psicológicos da violência: os fatores de risco e de proteção para a prevenção da violência; a relevância espontânea de violência e uma síntese profunda da Carta Apostólica sob forma de Motu Próprio “Vos Estis Lux Mundi”, escrita pelo papa Francisco.

Com esse curso, o Núcleo Lux Mundi abre a série de itinerários educativos que serão realizados durante todo o segundo semestre de 2021, direcionados aos religiosos e religiosas, sacerdotes, leigos, seminaristas, bispos e sociedade civil. O percurso será integral e abordará diversos temas acerca da temática principal da violência e suas respectivas prevenções e tem a colaboração da Igreja do Brasil, por meio da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), a CRB Nacional (Conferência dos Religiosos do Brasil) e diversos leigos.

Posts relacionados