Igreja faz memória dos Missionários Mártires

AF| No dia 24 de março de 1980, foi assassinado Dom Oscar A. Romero, Arcebispo de São Salvador. Desde 1993, por iniciativa do Movimento Juvenil Missionário das Pontifícias Obras Missionárias italianas, nessa data são recordados todos os missionários assassinados no mundo. A iniciativa foi difundida em muitas nações, inclusive com datas e circunstâncias diferentes. Muitas dioceses e institutos religiosos dedicam iniciativas especiais para recordar seus missionários e todos os que derramaram seu sangue pelo Evangelho.

O tema escolhido para o XXII Dia de oração e jejum em memória dos missionários mártires, segunda-feira, 24 de março de 2014, é “Martyria”, ou seja, testemunho, “a condição indispensável” para ser realmente discípulos de Jesus, como explicado no subsídio predisposto por Missio para a animação. “Todos somos chamados a testemunhar nossa fé, a contar sobre o nosso encontro com o Ressuscitado, a suportar qualquer tipo de tribulação, injustiça , perseguição física e espiritual, incompreensões de todo gênero para transmitir a Boa Nova que nós recebemos de outros”.

Segundo as informações recebidas pela Fides, em 2013 foram assassinados 23 agentes pastorais: 20 sacerdotes, 1 religiosa e 2 leigos. “Recordar os missionários, que em modos diversos pagaram com a sua vida o generoso serviço prestado aos irmãos – escreve padre Michele Autuoro, Diretor nacional de Missio – não deve ser um álibi para nós; não podemos nos limitar a celebrar seus nomes… Não! Temos o dever de assumir o estilo, a indiscutível seriedade e dedicação que os levou a não temer a eventualidade de ameaças e riscos… estes nossos amigos nos clamam para que nossa vida de discípulos do Mestre Jesus continue a proclamar o Evangelho que liberta e restitui dignidade a muitos nossos irmãos e irmãs pisoteados por injustiças de outros irmãos e irmãs”.

No subsídio preparado para o Dia encontram-se algumas propostas de animação: o texto de uma Vigília para os Missionários Mártires e o de uma Via Sacra com reflexões de Papa João XXIII e Papa João Paulo II que serão canonizados em 27 de abril. As ofertas recolhidas com o jejum contribuirão para realizar dois projetos missionários: em Tanzânia (uma escola lar para 100 alunos) e em Bangladesh (reconstrução da Igreja de Narail).

Informações apuradas pela Agência Fides indicam que em 2013 foram mortos no mundo 22 agentes pastorais (em maioria sacerdotes), quase o dobro em relação ao ano precedente, quando se registraram 13 mortes. Na noite entre 31 de dezembro de 2013 e 1o de janeiro de 2014, foi assassinado pe. Eric Freed, pároco em Eureka, na Califórnia. Sobre este caso,  a polícia investiga para esclarecer as causas e a dinâmica do homicídio. Pelo quinto ano consecutivo, o maior número de agentes pastorais mortos é registrado na América Latina, e a Colômbia ocupa o primeiro lugar.

Em 2013, morreram de modo violento 19 sacerdotes, 1 religiosa, 2 leigos. Dividindo este número por continentes, na América foram mortos 15 sacerdotes (7 na Colômbia, 4 no México, 1 no Brasil, 1 na Venezuela; 1 no Panamá e 1 no Haiti); na África foram mortos 1 sacerdote na Tanzânia, 1 religiosa em Madagascar, 1 leiga na Nigéria; na Ásia foram assassinados 1 sacerdote na Índia e 1 na Síria; 1 leigo nas Filipinas. Na Europa, 1 sacerdote foi morto na Itália.

Como acontece já há algum tempo, a lista da Fides não abrange apenas os missionários ad gentes em sentido estreito, mas todos os agentes pastorais mortos de forma violenta.

Nome e sobrenomeNacionalidadeInstituto ou DioceseData e lugar de falecimento
1.Padre José Francisco Vélez EcheverriColombiaDiocesanoBuga (Colombia) – 16/1
2.Padre Luis Alfredo Suárez SalazarColombiaDiocesanoOcaña (Colombia) – 2/2
3.Padre José Ancizar Mejia PalominoColombiaDiocesanoCalda (Colombia) – 2/2
4.Padre José Flores PreciadoMéxicoDiocesanoColima (Messico) – 5/2
5.Padre Evarist MushiTanzaniaDiocesanoZanzibar (Tanzania) – 17/2
6.Padre José Ramón MendozaVenezuelaDiocesanoIribarren (Venezuela) – 17/2
7.Dexter CondezFilipinasLaico (Soc.S.Vincenzo)Boracaya (Filippine) – 22/2
8.Padre Michele Di StefanoItaliaDiocesanoUmmari (Trapani,Italia) – 25-26/2
9.Irmã Marie Emmanuel HelesbeuxFrançaSœurs de la Providence de Ruillé sur LoirMandritsara (Madagascar) – 1/3
10.Padre Kochupuryil J. ThomasIndiaDiocesanoBangalore (India) – 31/3-1/4
11.Padre Richard E. JoyalCanadaSocietà di MariaPort au Prince (Haiti) – 24/4
12.PadreJosé Antonio Bayona ValleColombiaDiocesanoJuan Mina (Colombia) – 6/5
13.Padre François MuradSiriaCong.S.Simeone lo StilitaGassanieh (Siria) – 23/6
14.Padre  Néstor Darío Buendía MartínezColombiaDiocesanoLos Cordobas (Colombia) – 26/6
15.Padre Elvis Marcelino De LimaBrasilCongregazione della Sacra Famiglia di NazarethFortaleza (Brasile) – 13/7
16.Padre Ignacio Cortez AlvarezMéxicoDiocesanoEnsenada (Messico) – 22/7
17.Padre András SzarvasUngheriaDiocesanoCibakháza (Ungheria) – 11/9
18.Padre Luis Bernardo EcheverriColombiaDiocesanoRoldanillo (Colombia) – 27-28/9
19.PadreHéctor Fabio CabreraColombiaDiocesanoRoldanillo (Colombia) – 27-28/9
20.Afra MartinelliItaliaMissionaria laicaOgwashi-Ukwu (Nigeria) – 9/10
21.Padre Anibal GomezEspanhaDiocesanoColon (Panama) – 30/10
22.Padre Hipólito Villalobos LimaMéxicoDiocesanoIxhuatlán de Madero (Messico) – 29/11
23.Padre  Nicolás De la Cruz MartínezMéxicoDiocesanoIxhuatlán de Madero (Messico) – 29/11

Posts relacionados

É Advento!

É Advento! Tempo de caminhar na esperança! Tempo de esperançar! Tempo de estar vigilantes e atentos aos sinais dos tempos! Atentos aos sinais de que

Leia mais »