Chegam a Brasília, vindos de todos os cantos do País, jovens que atuam nos grupos da Juventude Missionária (JM), atividade da Pontifícia Obra da Propagação da Fé. O grande objetivo é celebra os 15 anos de existência da JM no Brasil e viver uma experiência missionária juntos às comunidades de Planaltina (DF).

 I Congresso Missionário Nacional e a V Missão Sem Fronteiras vão reunir mais de 200 participantes, entre os dias 15 e 19 de janeiro. Com o tema “Batizados e enviados: as juventudes em missão no mundo”, os eventos buscam fortalecer a identidade da JM, favorecendo a comunhão dos grupos, bem como, o protagonismo juvenil.

Pe. Badacer Neto, secretário da Obra da Propagação da Fé, destaca que as expectativas são positivas para acolher as lideranças da JM nesta semana. “Esperamos que o carisma e a identidade da JM sejam fortalecidos, para que os jovens possam retornar para suas localidades contribuindo de forma mais eficaz na vivência da animação missionária. O clima é de alegria e de partilha da vivência de fé”, destacou o secretário.

Pe. Maurício Jardim, diretor das Pontifícias Obras Missionárias, fala sobre a história de 15 anos de protagonismo da Juventude Missionária no Brasil. “Quero agradecer essa vivência da JM no Brasil, que vem desencadeando processos de reflexão e formação. Estamos com esse encontro aqui em Planaltina concluindo o percurso definido pelo Plano Trienal (2017-2020). O importante é desencadear processos de formação integral, de acompanhamento às juventudes, de articulação, missão e espiritualidade. O tema deste congresso quer recuperar o Mês Missionário Extraordinário, de outubro de 2019. É uma alegria neste tempo do magistério do Papa Francisco, que convida toda a Igreja a estar em saída, celebrarmos esse congresso e a Missão Sem Fronteiras, nos 15 anos de caminhada da Juventude Missionária”,  lembrou Pe. Maurício.

Missão Sem Fronteiras
Em sua quinta edição, a experiência Missão Sem Fronteiras vai ganhar as ruas de Planaltina, através de vistas às comunidades, realização de oficinas e colaboração em projetos locais. É a oportunidade dos jovens manifestarem, do seu jeito, atitudes que promovam a inclusão e a transformação social.

Em seu histórico, a Missão Sem Fronteiras visa fortalecer o vínculo e a interação entre os jovens de todo o Brasil. Para essa experiência escolhe-se uma realidade do país onde os jovens possam realizar visitas, formações e oficinas missionárias. O projeto já foi realizado em Contagem (MG) em 2019, Viamão (RS) em 2018, Itapebussu (CE) em 2017, e Ananindeua (PA) em 2016. Em 2020, o projeto acontece em Planaltina (DF), nas Paróquias de Santa Rita, Nossa Senhora de Nazaré e São Vicente.

A jovem Mariana Moreira, do Rio Grande do Norte, participou da Missão Sem Fronteiras do ano passado, e destaca a experiência vivida. “A partilha da amizade e da solidariedade enriquece os momentos vividos. Cada um pode trazer aquilo que carrega consigo e partilhar com os outros. A gente se constrói com a experiência de cada um”, lembrou a jovem.

Acolhida e missa de abertura
Os mais de 200 jovens serão acolhidos nas famílias de Planaltina. O processo de preparação acontece há mais de 4 meses e envolve lideranças de diversos grupos e comunidades. A missa de abertura será realizada nesta quarta, 15 de janeiro, às 20h, na Paróquia Santa Rita de Cássia.

A missa de encerramento, que acontece no domingo, 19 de janeiro, às 9h, será presidida por Dom Sérgio da Rocha, bispo da Arquidiocese de Brasília.

Fonte: POM

SDS Bloco H - nº 26 - Sala 507 - Edfício Venâncio II

CEP: 70393-000 - Brasília - DF - Brasil (061) 32265540 - Fax: (061) 3225 3409 crb@crbnacional.org.br

2018 - CRB Nacional.org.br

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?