Por Assessoria de Imprensa| 06 / Nov / 2015 21:45| Os sinos da primaz de Minas ecoaram sons de tristeza e solidariedade às vítimas de Bento Rodrigues e demais localidades ao longo desta sexta-feira, 6 novembro. A tragédia ocorrida na tarde de quinta-feira, 5, comoveu não só a arquidiocese de Mariana, mas toda a Igreja e sociedade do Brasil.

O arcebispo de Mariana, dom Geraldo Lyrio Rocha, realizou uma visita na Arena Mariana, local onde as famílias atingidas foram acolhidas, e ao Centro de Convenções, ponto de coleta dos donativos, reforçando o apoio às vítimas.

Resgate

Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Luiz Henrique Gualberto Moreira, cerca de 500 pessoas já foram resgatadas até essa tarde. Um levantamento está sendo feito com as famílias para chegar o número de pessoas que estão sendo procuradas. Os distritos atingidos são Bento Rodrigues, Paracatu, Águas Claras, Ponte do Gama, Barra Longa, Gesteiras e Pedras.

Para Antônio Geraldo de Paula, que morava há 40 anos em Bento Rodrigues, a dor é inevitável. “Não tem nem como explicar o que estamos sentido. Esse acidente acabou com nossa vida. Eu e minha família perdemos tudo”.

Doações

A prefeitura de Mariana ainda está recebendo doações. A prioridade agora são materiais de uso pessoal como escovas de dente, roupas intimas, toalhas de banho, copos, talheres e pratos descartáveis. Para doações fora do município a prefeitura disponibiliza uma conta bancária no Banco do Brasil através do CNPJ: 18.295.303/0001-44, Agência: 2279-9, Conta Corrente: 10.000-5. Todos os donativos serão recebidas no Centro de Convenções Alphonsus Guimaraens, localizado na Avenida Getúlio Vargas, s/n, Centro.

Nota da arquidiocese de Mariana sobre a tragédia em Bento Rodrigues

Somos atribulados, mas não desanimamos; postos em dificuldade, mas não vencidos; prostrados por terra, mas não aniquilados (cf. 1Cor 4,8s)

A arquidiocese de Mariana lamenta profundamente a tragédia ocorrida na tarde desta quinta-feira, 5 de novembro, no Distrito de Bento Rodrigues, neste Município de Mariana, provocada pelo rompimento da barragem de rejeitos Fundão, da empresa Samarco Mineradora, vitimando centenas de pessoas. Manifestamos nossa mais sentida solidariedade às famílias que tiveram suas casas e seus bens destruídos e às que choram a morte de seus entes queridos, vítimas dessa catástrofe de proporções incalculáveis.

O momento é de unir esforços para minimizar a aflição e o sofrimento de todos os que foram atingidos por essa tragédia. Exortamos nossas comunidades a prestarem sua solidariedade às vítimas, acolhendo-as, doando alimentos e roupas, confortando-as, oferecendo-lhes suas preces. A generosidade de todos será bálsamo a atenuar a aguda dor que toma o coração dos irmãos e irmãs que sofrem com essa terrível catástrofe.

A apuração das responsabilidades por tamanha tragédia é uma exigência da justiça e condição para que tal situação nunca mais se repita.

Rogamos a Deus fortalecer e consolar, com seu amor generoso, todos os que foram atingidos por esse acidente. A fé nos aqueça a esperança e nos estimule a solidariedade para diminuir a dor que é de todos os marianenses e que deixa enlutados este município e o Estado de Minas Gerais. Nossa Senhora da Assunção e São José, Padroeiros de nossa Arquidiocese, intercedam por todos nós neste momento de profunda dor e grande sofrimento.

Mariana, 5 de novembro de 2015

Dom Geraldo Lyrio Rocha, arcebispo de Mariana

Fonte: Arquidiocese de Mariana (MG)

SDS Bloco H - nº 26 - Sala 507 - Edfício Venâncio II

CEP: 70393-000 - Brasília - DF - Brasil (061) 32265540 - Fax: (061) 3225 3409 crb@crbnacional.org.br

2018 - CRB Nacional.org.br

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?