Papa Francisco manifesta dor e preocupação pelos que sofreram o massacre em Manaus

O Papa Francisco manifestou nesta quarta-feira, 4, no Vaticano, sua dor perante o massacre deste domingo, 1º, em um complexo penitenciário em Manaus (AM) que resultou na morte de 60 presos.

“Manifesto dor e preocupação pelo que aconteceu. Convido a rezar pelos falecidos, pelos seus familiares, por todos os detidos daquela cadeia e pelos que ali trabalham”, disse ao final da tradicional catequese de quarta-feira.

Francisco comentava as “notícias dramáticas” que chegaram do Brasil, após o “massacre” que resultou do “violentíssimo confronto” entre grupos rivais. “Renovo o apelo para que os institutos penitenciários sejam lugares de reeducação e de reinserção social e que as condições de vida dos detidos sejam dignas de pessoas humanas”, prosseguiu.

O Papa convidou a rezar por todos os detidos do mundo, “para que as cadeias sirvam para reinserir e não estejam superlotadas, que sejam lugares de reinserção”. “Rezemos a Nossa Senhora, mãe dos detidos”, concluiu, antes de rezar uma Ave-maria com os presentes.

Posts relacionados

É Advento!

É Advento! Tempo de caminhar na esperança! Tempo de esperançar! Tempo de estar vigilantes e atentos aos sinais dos tempos! Atentos aos sinais de que

Leia mais »