Criação e formação em chave ecológica

Na manhã do dia 12 junho de 2018, iniciou o segundo dia do III Seminário para formadores e formadoras em chave intercultural, com uma retrospectiva do dia anterior.

A reflexão se pautou no contexto do processo de transformação; criação e formação em chave ecológica, orientada pela Ir. Margot Brenn.

Ir. Margot destacou em sua partilha durante o dia a respeito do encontro  de interdependência (recebemos e damos). Caminhando pelas lendas de nossa América Latina para fundamentar nossa educação originária ao sermos gratuitos, pois na origem o sentido comunitário era de uma “comunidade” que suas relações se renovava a cada instante no sentido da gratuidade.

Somos chamados a caminhar com a Palavra para um sentido comum, tal como nossa “Casa” comum.

A partir da encíclica do Papa Francisco. Laudato si, na qual o papa critica o consumismo e desenvolvimento irresponsável e faz um apelo à mudança e à unificação global das ações para combater a degradação ambiental e as alterações climáticas, Ir. Margot nos alertou que necessitamos de uma cosmovisão “hoje”, pois vivemos numa realidade fragmentada em que o ser humano é autorreferencial e não comunitário. Deus é comunitário e relação.

Agradecemos a Deus por esse dia com Ir. Margot, uma religiosa alemã que atualmente desenvolve sua missão junto aos indígenas no Paraguai, por seu testemunho de mais de oito décadas de vida, com uma lucidez e clareza de ideias e sonhos.

Nesse clima alegre e sereno de pequenas comunidades terminamos o dia celebrando a eucaristia presidida pelo Frei Moacir Casagrande e após o jantar fomos convidados a assistir o filme: Siete Semillas .

Narra do gerente de uma empresa de exportação de têxteis, fundada há muitos anos por Manuel, seu pai. Absorvido no trabalho, ele esqueceu sua esposa e filho; sua ausência já é uma rotina para sua família. Seu mau humor no escritório, além de desentendimentos com seus parceiros, cria uma inevitável crise pessoal e de negócios em Ignacio, que acaba no hospital. Haverá reunido com Lucho, seu irmão, que recomenda visitar um guia espiritual. Apesar de sua descrença, Ignacio decide ir vê-lo e assim começa uma jornada de aprendizado que o levará a encontrar a paz interior de que ele precisava, e reavaliar e recuperar a coisa mais valiosa: sua família, e assim alcançar a felicidade).

Nossa missão continua amanhã pela manhã.

Posts relacionados

É Advento!

É Advento! Tempo de caminhar na esperança! Tempo de esperançar! Tempo de estar vigilantes e atentos aos sinais dos tempos! Atentos aos sinais de que

Leia mais »