Assessor da formação permanente fala sobre o CERNE que inicia em Fortaleza

O CERNE é um programa de formação para a Vida Religiosa, criado pela CRB desde 1977 e está sob a coordenação de Irmã Francinete Amorim, mc, e Pe. Mário César do Amaral, sac. Este ano, o evento acontece em Fortaleza.

Este Programa visa proporcionar aos Religiosos e Religiosas, momentos de convivência e auxiliá-los na integração de suas potencialidades no discipulado de Jesus Cristo. Padre Mário, assessor executivo da CRB Nacional para a Formação Permanente e coordenador do CERNE, em entrevista, fala sobre este programa de formação.

1. Padre Mário, em que consiste o CERNE?
É a oportunidade que nós, Religiosos e Religiosas temos de passar quarenta dias em convivência mais profunda conosco mesmos, com Deus – pois uma das suas dimensões é a espiritualidade e um revigoramento para nossa missão onde quer que estejamos. Por isso que esse programa de formação que a CRB, já desde 1967, vem propondo à Vida Religiosa, tem surtido efeito. Celebramos, no ano passado, o centésimo CERNE no qual tem passado diversos Religiosos e Religiosas que nesse confronto consigo mesmos e na partilha com o outro, com a intercongregacionalidade, também com questão de gênero, uma vez que participam homens e mulheres, tiveram a oportunidade de uma renovação interior, pessoal e comunitária.

2. Quem pode participar do Centro de Renovação Espiritual(CERNE)?
O primeiro e grande critério é a disposição, o gosto de querer renovar-se e partilhar com os demais. Se sugere que a pessoa tenha 15 anos de profissão perpétua, mas esse momento é oferecido a todos os Religiosos e Religiosas que estejam em diversas realidades e circunstâncias nesse trabalho missionário e sinta a necessidade de uma parada, de uma interiorização, de uma eespiritualidade e uma partilha da sua vida.

3. Como se dá o CERNE? Como se pode descrever esse momento tão singular?
Iniciamos o CERNE com uma semana de envolvimento, de uma percepção pessoal, uma abordagem psicológica e espiritual, onde cada pessoa faz uma releitura de si mesmo para buscar essa integração e essa percepção de si para a vivência que o CERNE proporcionará, de partilha, de encontros, momentos pessoais e grupais, enfim, há toda uma dinâmica de envolvimento porque passamos todo o dia juntos.
É de sistema internato. Quarenta dias, que na verdade, não são tão longos, pois são dias vividos com tanta intensidade pelo grupo que passam de maneira tão ligeira. O que se ouve na avaliação dos grupos é o aspecto intercongregacional: quando redimensiono, redescubro o meu carisma e partilho e ouço os dos outros, há um enriquecimento muito grande, quer dizer, ganhamos nós, os indivíduos, ganha as nossas Congregações e ganha a Igreja nessa distinção dos vários Carismas.

4. Geralmente, onde acontece?
Esse CERNE, que começa no dia 19 de setembro, será em Fortaleza, na Porciúncula. São dois cursos, um cada semestre e nós procuramos privilegiar as regiões: norte, nordeste, centro, sul. No próximo ano será no Paraná, depois em Belo Horizonte. Os participantes vem de todas as regiões do Brasil e do exterior, como África, Guatemala.

5. Uma mensagem para aqueles que não fizeram o CERNE.
Há diversos modos de nos renovarmos, mas esse da vivência no CERNE, é oportunidade de um encontro grandioso a nível pessoal, espiritual e comunitário, ou seja, a abertura para com o outro, com a outra, onde num ambiente de extrema confiança e proximidades, vamos nos redescobrindo em nossa vida e em nossa missão. Por isso, aqueles que se sentirem tocados, motivados, entrem em contato com seu superior, com a sua superiora, conosco aqui na CRB Nacional. Com certeza dos dois lados haverá abertura para para que o seu desejo seja realizado.
Para aqueles vão participar desse CERNE. Dar-se oportunidade de parar, principalmente para nós religiosos, pelos desafios que encontramos em nossa missão, mas poder fazer essa parada para um repensar, para um retomar , um renovar-se. Na verdade, tudo quem faz é cada um de nós. Eu acredito que o ambiente formado pelo grupo, a facilitação da presença dos assessores, das assessoras, dos acompanhantes espirituais que estarão durante todo o CERNE e, especialmente durante o retiro para um acompanhamento mais pessoal, favorecerá um momento de graça . São dimensões que certamente renovam o nosso gosto de seguir a Jesus Cristo e sermos homens e mulheres presença de Jesus. Sejam todos bem-vindos! Estou convencido de que a nossa vivência será muito importante para cada um e para todos nós no CERNE 102, em Fortaleza.

Posts relacionados

Conclusão do CERNE 122

Com Celebração Eucarística presidida por Frei João José dos Santos, membro da Regional de Curitiba da CRB, foi concluída a edição 122 do CERNE –

Leia mais »

CERNE 122 – Quarta semana

Em um clima de convivência, oração, partilha e estudo, seguem, em Curitiba, no Provincialado das Irmãs da Divina Providência, as atividades da quarta semana do

Leia mais »

Começou o CERNE 122

No dia 11 de setembro, na Casa de Retiros das Irmãs da Divina Providência, em Curitiba, iniciou a edição 122 do Centro de Renovação Espiritual

Leia mais »