Vida Consagrada: “Herança de castas precisa ser superada”, diz Cardeal de Aviz

Por Rosinha Martins| 16.12.2015 | Em entrevista à Rádio Vaticano, por ocasião da abertura do Ano da Misericórdia, o prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, dom João Braz, Cardeal de Aviz, disse que o Jubileu do Ano da Misericórdia deverá ajudar a Vida Consagrada a dar alguns passos necessários, como a questão da relação entre consagrados e consagradas, que para o cardeal precisa melhorar muito, uma vez que a Igreja carrega consigo uma mentalidade de que o homem deve se sobrepor à mulher. “A mulher não é menor que o homem, são companheiros desde a criação”.

Sobre a questão da autoridade e da obediência, dom João acredita que a ideia de superior ou superior na Vida Consagrada precisa ser mudada. “Chamamos que tem autoridade de superior. O outro é inferior, então? Isso precisa ser mudado. Não é isso que pede o Evangelho. Temos que obedecer a Deus através da mediação humana, mas o modo precisa mudar. Não há pessoas iluminadas que comandam outras que não são iluminadas. Temos uma herança muito ruim na Igreja de criar castas. Isto é questão de conversão”, afirma. Ouça.

Posts relacionados

É Advento!

É Advento! Tempo de caminhar na esperança! Tempo de esperançar! Tempo de estar vigilantes e atentos aos sinais dos tempos! Atentos aos sinais de que

Leia mais »