Religiosas do Sagrado Coração de Maria de Belaar celebram bodas

Por Rosinha Martins| 26.01.15| A Congregação das Irmãs do Sagrado Coração de Maria de  Berlaar celebraram na noite de sábado, 24, no Colégio  Berlaar Madre  Blandina em Taguatinga-DF,  as bodas de vinho, da Irmã Carmelita Mendes (Irmã Belina) que completou 90 anos de idade e 70 anos de consagração religiosa e os 50 anos de vida consagrada da Irmã Iria.

A Celebração Eucarística, presidida pelo arcebispo de Brasília, dom Sérgio da Rocha e concelebrada  pelo missionário claretiano, padre Fausto, foi marcada pela presença em massa, de leigos amigos das Irmãs. Religiosos e religiosos das redondezas vieram prestigiar as aniversariantes.

“É uma graça muito grande, motivo de muito louvor e agradecimento a Deus por estes 90 anos totalmente dedicado a Deus aos meus irmãos e à minha comunidade”, disse Irmã Belina que  há 22 anos reside no Colégio Berlaar e atua no setor contábil. Para a  jubilanda, o segredo para a longevidade é “ não parar nunca, sempre fazer algo, estar em movimento e  a serviço”.

Para Irmã Iria, celebrar cinquenta anos de vida religiosa  é uma graça. “Estou muito feliz e só tenho a agradecer a Deus por estes cinquenta anos, o que para mim é um graça”.

Na homilia, dom Sérgio deu destaque ao Ano da Vida Consagrada e agradeceu a presença das religiosos  na sua arquidiocese. “Nossa fraterna estima, nosso apoio pela presença amigadas Religiosas e Religiosos em nossa arquidiocese. Agradeço o convite  e gostaria de representar toda a nossa Igreja que, com certeza, louva a Deus pela Vida Consagrada entre nós”.

Dom Sérgio, ao fazer referência às leituras do dia, ressaltou a misericórdia e a compaixão de Deus para com seu povo que faz frutificar na Igreja a Vida Consagrada e  afirmou que o discipulado não se dá por iniciativa dos chamados mas por Aquele que chama. “Todo discípulo faz a experiencia de ser agraciado pela ternura e compaixão e é isso que nos anima a viver na fé a Palavra  e a nossa vocação, que é fruto do amor de Deus” .

O Arcebispo exaltou a Vida Religiosa Consagrada ao dizer que “ela  é epifania do amor de Deus , o que quer dizer que o religioso/a é sinal do amor de Deus que deseja  abraçar a todos sem excluir ninguém”. E acrescentou. “ Que cada religioso renove a sua motivação de viver a Vida Consagrada.
Nosso carinho, nossa gratidão e que cada vez mais possamos apoiar a vida religiosa para que floresça em vocações”.

O pároco da Paróquia  Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, o missionário claretiano, padre Fautos (à direita)enfatizou a importância da presença das Irmãs na sua paróquia.  “Em nome de toda a comunidade claretiana queremos agradecer e  parabenizar as jubilandas e que  essa parceria que há entre nós possa continuar. A presença viva e atuante das Irmãs nas atividades é sempre notada”, disse.

Após a missa, uma confraternização com música ao vivo favoreceu uma agradável convivência fraterna entre as Religiosas/os e leigos presentes.

Veja imagens da festa no facebook da CRB Nacional

Posts relacionados

É Advento!

É Advento! Tempo de caminhar na esperança! Tempo de esperançar! Tempo de estar vigilantes e atentos aos sinais dos tempos! Atentos aos sinais de que

Leia mais »