O povo fala

Por Osnilda Lima  e Tiago Melo | Em uma só voz, jovens da Vida Religiosa Consagrada, participantes do II Congresso das Novas Gerações da Vida Religiosa, cantam o lema do evento: “Ardia nosso coração quando Ele nos falava no caminho”, alusão ao texto bíblico do Evangelho de Lucas, em que Jesus Cristo se coloca a caminho com os dois peregrinos desolados com a morte de Jesus comentam o acontecido.

Cerca de 800 jovens religiosos vindos de todas as regiões do Brasil estão reunidos em Aparecida (SP), de 9 a 12 de fevereiro, para o Congresso que traz como tema: “Novas gerações: tecendo relações, construindo caminhos”.

Frei Rubens Nunes da Mota, assessor executivo da CRB Nacional para as Juventudes, destaca que o congresso ajuda aos jovens religiosos a perceberem que cada um não está só nas suas angústias, inquietudes e nos seus sonhos, mas, sim, participa do evento para somar com outros. “O congresso quer impulsionar a vida religiosa jovem.

Este tem de ser o espaço em que a vida religiosa jovem consiga responder suas inquietações as quais não vem dando conta em responder em suas comunidades e regionais. Queremos que este congresso seja um espaço que ofereça pistas e que o pessoal volte animado para suas bases”, ressalta o assessor.

Frei Rubens conta que há três vazios que permeiam a Vida Religiosa Consagrada: a realidade institucional a qual se faz necessária abrir espaços de reflexão e inclusão para gerar o protagonismo dos jovens religiosos.

O segundo vazio é o pessoal. O frei ressalta que este congresso pretende ser um reabastecer, voltar ao ponto de partida que é a vocação primeira e buscar, principalmente, a partir da espiritualidade e convivência fraterna, caminhos para revitalizar e dar sustentação à vida religiosa. E o último: propor em todos as regionais da CRB a criação de Grupo de Novas Gerações.

Irmã Hortência Brito Novais, Congregação das Missionárias Consolata, participante do congresso traz o sonho, de a partir deste evento, formar uma rede, uma família de religiosos jovens que possam articular, sonhar e vivenciar o dom da vida consagrada. “Às vezes paramos nos pessimismos e dificuldades e esquecemos-nos de celebrar. Este encontro é uma grande celebração. Celebrar o seguimento de Jesus Cristo. Celebrar o estarmos juntos para seguir o projeto do Reino de Jesus Cristo”, ressalta a jovem.

Irmão José Conceição Silva Araújo, Congregação Santa Cruz, revela: “Espero que este congresso seja de grande fruto para a Vida Religiosa jovem, para então podermos criar uma geração mais comprometida e mais leve”. E ressalta  que é uma grande alegria, mais de 800 jovens religiosos celebrando com alegria o viver a Vida Religiosa Consagrada.

A jovem religiosa Elisabete Maria, da Congregação Carmelitas do Divino Coração de Jesus revela sua expectativa para o seminário: “Espero que seja um momento de crescimento, de partilha. Acredito que quando vemos a experiência de outro isso acaba ajudando e nos fortalecendo”.

“Esse seminário vem ao encontro da necessidade de Vida Religiosa no Brasil, no sentindo de que podemos, sim, crescer juntos na partilha dos sonhos, inquietações e na grande alegria de seguir Jesus Cristo”, afirma Elisabete Maria da Congregação das Irmãs Carmelitas.

Os freis, Dimas e Leão, Franciscanos da Divina Providência, ressaltam que
eventos como esses favorecem o crescimento conjunto, o conhecimento e a partilha da realidade em que vive cada jovem religioso em todo o Brasil.

Irmã Simone Aparecida Bernardo Porfírio, Congregação Nossa Senhora do Calvário, que colaborou na organização do congresso espera que o encontro fortaleça os grupos na vivência cotidiana. “Este é o momento de uma grande celebração de tudo o que realizamos nas bases por esse Brasil afora. Espero que a partir deste possamos voltar renovados como vida consagrada jovem”.

Posts relacionados

É Advento!

É Advento! Tempo de caminhar na esperança! Tempo de esperançar! Tempo de estar vigilantes e atentos aos sinais dos tempos! Atentos aos sinais de que

Leia mais »