O Cardeal Hummes e o Papa: atenção especial pela Amazônia

Cidade do Vaticano (RV) – O Cardeal Cláudio Hummes, Presidente da Comissão Episcopal para a Amazônia, encontrou-se com o Papa, nos últimos dias. Como sabemos, a Amazônia é um tema muito querido pelo Papa, e periodicamente, Dom Cláudio vem a Roma para conversar com ele sobre essa missão e seus desafios. Como sempre, o Cardeal se encontra também com o Programa Brasileiro da RV. Neste espaço, trazemos um resumo do que nos revelou sobre a audiência com o Papa, em sua residência.

Conversamos muita coisa, foi uma audiência boa, muito bonita com ele; eu havia trazido alguns temas de pessoas que me pedem e eu trago sempre ao Papa. Nós conversamos, sobretudo, sobre a Amazônia, sobre o trabalho que a Igreja está fazendo e que eu estou seguindo de perto como Presidente da Comissão Episcopal. Falamos fundamentalmente sobre isso, era também o meu objetivo, pois sei do grande interesse que ele tem e como ele sempre sabe nos encorajar para irmos em frente, sem medo, porque a Amazônia, segundo ele disse aos bispos brasileiros, é um teste decisivo, atualmente um banco de prova para a Igreja e a sociedade brasileira. De fato, ele diz “Olha, é preciso prestar muita atenção e ter bem claro que não podemos perder a Amazônia como Igreja; e o Brasil tem que saber encontrar o caminho para preservar a Amazônia, desenvolvê-la, sim, mas sem destruí-la”.

“Também conversei com ele sobre a Rede REPAM, Rede Eclesial Pan-Amazônica, que criamos em setembro passado em Brasília, que tem âmbito latino-americano, pois envolve os 9 países da região Amazônica”.

“Trouxe a ele também o texto da carta, a primeira que escrevemos para comunicar a criação da Rede, os objetivos, e que já é o primeiro lampejo sobre o que é a Amazônia e a Igreja na Amazônia. É um texto muito bem feito, muito bonito; tem paixão e emoção dentro. Já estava traduzido para espanhol, então eu o trouxe para o Papa”.

“De modo geral, conversei sobre minhas viagens pela Amazônia, sobre os encontros que tenho lá, e principalmente esta última viagem, quando estive em Rio Branco e Lábrea”.

“Volto ao Brasil com certeza, muito entusiasmado. Sempre digo que o Papa me encoraja sempre. É o que faz e sabe fazer também. Ele anima a gente, abençoa a gente; enfim, voltamos a trabalhar… e a suar a camisa”.

(CM)

Fonte: Radiovaticano

Posts relacionados

É Advento!

É Advento! Tempo de caminhar na esperança! Tempo de esperançar! Tempo de estar vigilantes e atentos aos sinais dos tempos! Atentos aos sinais de que

Leia mais »