Cidade do México (RV) – A migração será o eixo central da viagem do Papa Francisco ao México em 2016. Para tanto, deverão ser escolhidas cidades emblemáticas em relação a este tema, como antecipa o Arcebispo de Tlalnepantla, Dom Carlos Aguiar Retes.

O ex-Presidente da Conferência do Episcopado Mexicano assegurou que a chegada de Jorge Mario Bergoglio ao seu país é esperada não somente por todos os católicos, mas também por pessoas que não professam nenhuma religião.

O tema que tocará primordialmente será a migração e se está estudando a visita, entre outros, à Ciudad Juárez. “O problema da migração atravessa o país de norte a sul – diz Dom Retes – e se fala-se dele, então o Papa terá que ir a pontos simbólicos a ele relacionados”.

A expectativa e a alegria por esta viagem “são muito grandes” – afirmou – assegurando que a palavra do Pontífice vai ajudar muito a situação por que passa o México. O prelado ressaltou que o líder católico foi, pouco a pouco, crescendo na aceitação popular até o ponto em que as pessoas seguem as suas palavras e a sua presença através de todos os meios de comunicação.

Neste sentido, considerou “relativamente fácil” preparar os católicos mexicanos para a visita, porque as pessoas “a estão desejando”. “É simplesmente ordenar todo este entusiasmo e fazer que tudo seja melhor aproveitado”, avaliou.

Até o presente momento, o Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Padre Federico Lombardi, limitou-se a precisar de que “foram dados os primeiros passos para a visita”, porém oficialmente não existe nenhuma agenda. No entanto, pode-se considerar que três zonas merecem atenção para uma possível visita: a Cidade de México, o Estado central de Michoacán e Ciudad Juárez, Chihuahua, na fronteira com os Estados Unidos.

Até o momento, no entanto, apenas a Cidade do México é um destino certo de Bergoglio, que afirmou várias vezes que não poderia visitar o México sem passar pelo Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe, desejo este confirmado pelo Padre Lombardi.

Espera-se que para o mês de novembro já se tenha uma definição do roteiro da viagem, que provavelmente deverá realizar-se em fevereiro ou março de 2016. A Colômbia poderá ser incluída nesta nova viagem ao continente latino-americano.

Ao se concretizar, esta será a sétima visita de um Pontífice ao México, após as de João Paulo II em 1979, 1990, 1993, 1999 e 2002 e Bento XVI em 2012.(JE)

Fonte: Radiovaticana

SDS Bloco H - nº 26 - Sala 507 - Edfício Venâncio II

CEP: 70393-000 - Brasília - DF - Brasil (061) 32265540 - Fax: (061) 3225 3409 crb@crbnacional.org.br

2018 - CRB Nacional.org.br

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?