Haitianos no Brasil: o desafio da acolhida

Cidade do Vaticano (RV) – Nas semanas passadas, o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou que o governo vai ampliar a emissão de vistos em Porto Príncipe, capital do Haiti, para que imigrantes do país possam entrar no Brasil legalmente. O objetivo da medida, segundo o Ministro, é combater a atuação de grupos que exploram imigrantes em rotas clandestinas.

{mp3remote}https://www.crbnacional.org.br/site/images//audios/Rosinha fala sobre a migrao.mp3{/mp3remote}

A entrada de haitianos no Brasil ganhou força depois do terremoto que devastou o país caribenho em 2010, matando cerca de 300 mil pessoas. A maior parte dos haitianos chega pela cidade de Brasiléia, no Acre. Só em 2015, foi registrada a entrada de mais de 7 mil pessoas.

Atualmente, o Brasil emite mais de 100 vistos por mês para cidadãos do Haiti, conforme o Ministério da Justiça. Todavia, a entrada desses imigrantes tem causado polêmica e até mesmo atos xenófobos por parte de brasileiros.

Ir. Rosa Maria Martins Silva é scalabriniana e trabalha na área de comunicação da Conferência dos Religiosos do Brasil. Em entrevista a Silvonei José, ela fala da acolhida aos haitianos e do receio por parte dos brasileiros.

Fonte: Rádio Vaticana – Entrevista de Silvonei José

 

Posts relacionados

É Advento!

É Advento! Tempo de caminhar na esperança! Tempo de esperançar! Tempo de estar vigilantes e atentos aos sinais dos tempos! Atentos aos sinais de que

Leia mais »