Faleceu o superior Geral dos Missionários Xaverianos

Domingo, 18 de dezembro, faleceu no hospital Santo Spirito de Roma, onde estava internado há algum tempo, o superior Geral dos Missionários Xaverianos, padre Luigi Menegazzo. Nos últimos dias seu estado de saúde se agravou e o religioso morreu por uma crise cardiorrespiratória. Segundo informações divulgadas pela Cúria generalícia, os funerais serão em Roma, na Casa generalícia, no Viale Vaticano 40, neste terça-feira, 20, às 10h30. Em Parma, no Santuário Conforti da Casa Mãe, haverá uma vigília de oração às 20h45 de terça-feira, 20 de dezembro, e a celebração eucaristística na quarta-feira, dia 21, às 10h30.

O missionário xaveriano, padre Estêvão Raschietti, secretário executivo do Centro Cultural Missionário (CCM), em Brasília (DF) comenta sobre a vida e a missão do seu superior Geral falecido. “O padre Menegazzo serviu a família xaveriana com muita dedicação ao longo de mais de quinze anos na Direção Geral, antes como vigário e, a partir do último Capítulo Geral, como superior Geral. Sempre se distinguiu como uma pessoa absolutamente serena nas relações com os missionários e decidida na direção a dar à nossa congregação. A Ásia era a sua paixão. Lembro-me que transbordava de alegria somente ao pensar em entrar em contato com os que não eram cristãos, como se esse fosse um encontro mágico, um dar e receber que comunicava algo de transcendental”, testemunha padre Raschietti.

Nascido em 1952 em Cittadella, na província de Pádua, padre Menegazzo entrou na Congregação dos Xaverianos em 1963. Ordenado sacerdote em 25 de setembro de 1977, obteve mestrado em missiologia na Universidade Gregoriana em 1989. Foi missionário no Japão aonde se engajou na pastoral e aprofundou o estudo do xintoísmo. Ensinou História e Fenomenologia das religiões no Instituto teológico xaveriano de Parma. Em 2001 assumiu o cargo de Vigário geral da Congregação e o capítulo geral de 2013 o elegeu Superior geral.

Com informações da Agência Fides e POM

Posts relacionados

Carta ao Povo Brasileiro

  Brasília, 24 de outubro de 2022 E a esperança não nos decepciona! (Rm 5, 5a) Nós, bispos católicos da Comissão Episcopal para Ação Sociotransformadora

Leia mais »