As várias visitas aos Dicastérios vaticanos da segunda-feira (10) se encerraram com a visita ao Dicastério para a Comunicação onde os senhores bispos e administradores diocesanos foram recebidos pelo prefeito Paolo Ruffini e colaboradores.

A partir da segunda-feira, dia 10, e até segunda-feira, dia 17 de fevereiro, os bispos do Regional Centro-Oeste da CNBB (Distrito Federal, Goiás, Tocantins) realizam a visita ad limina. Esta visita ocorre a cada cinco anos, quando os bispos se encontram com o Papa, visitam os túmulos dos Apóstolos Pedro e Paulo, em Roma, e têm reuniões nos vários Dicastérios da Santa Sé.

No Brasil, a visita é dividida por regionais e o Regional Centro-Oeste é o primeiro a cumprir este compromisso. Será o Regional Sul 4, em outubro, a encerrar as visitas. Serão 19 bispos do Regional Centro-Oeste que participarão de intensa programação, incluindo o encontro pessoal com o Papa Francisco previsto para esta terça-feira.

Como sempre a expectativa dos bispos brasileiros é grande. No encontro com o papa, os bispos apresentam um relatório sobre o estado pastoral das dioceses e ouvem seus conselhos. A visita ad Limina, para as Igrejas diocesanas é ocasião para consolidar os vínculos de fé, de comunhão e de disciplina com a Igreja de Roma.

Dicastério para a Comunicação
As várias visitas aos Dicastérios vaticanos desta segunda-feira se encerraram com a visita ao Dicastério para a Comunicação onde os senhores bispos e administradores diocesanos foram recebidos pelo prefeito Paolo Ruffini e colaboradores, entre os quais o secretário do Dicastério, mons. Lucio Adrian Ruiz e o diretor editorial Andrea Tornielli.

No diálogo mantido no Dicastério para a Comunicação, dom Levi Bonatto, bispo auxiliar de Goiânia fez um balanço sobre a comunicação do Regional Centro-Oeste da CNBB, organizada por meio da Pastoral da Comunicação (Pascom) atuante nas 12 dioceses e no Ordinariato Militar do Brasil e com os Setores e Assessorias de Comunicação.

Enquanto a Pascom atua pastoralmente, em algumas dioceses os setores e assessorias atuam com profissionais contratados para dar visibilidade às ações das nossas Igrejas. Além desses serviços, – disse dom Levi – várias dioceses também contam com veículos de radiodifusão, TV, impressos, internet e editoras.

Rádio – Presente em todas as dioceses do Regional com programações próprias e/ou em rede interligadas com a Rede Católica de Rádio (RCR). Está em implantação a Radio Maria, que atingira a Região Metropolitana de Goiânia.

TV – Presente nas Arquidioceses de Goiânia e de Brasília com as TVs PUC Goiás, TV Pai Eterno, Rede Vida de Televisão, Canção Nova, TV Aparecida, Século XXI.

Embora estejam em apenas duas dioceses, as TVs alcançam juntas 70% das cidades presentes no Regional Centro-Oeste. TV Pai Eterno e PUC Goiás contam com sede em Goiânia.

Canção Nova conta com estúdios e sede local em Brasília.

Editoras – Scala e PUC Goiás. Há também uma expressiva presença das livrarias católicas e lojas de artigos religiosos, sobretudo em Goiânia e Brasília, com Paulus, Paulinas e Vozes.

Impressos – Os impressos ainda têm expressão em nosso regional. A Arquidiocese de Goiânia conta com um jornal impresso – o Encontro Semanal, distribuído em todas as paróquias e comunidades no sábado e no domingo. Ao todo são 25 mil exemplares semanais distribuída em todas as paróquias. O veículo existe desde 1976. Este Periódico impresso e também produzido em forma televisiva.

A Diocese de Jataí conta com uma revista mensal de nome Fé e Ação. A Diocese de Uruaçu conta com o Jornal Caminhar Juntos, publicação trimestral

Novas formas de evangelização

Internet – Todas as dioceses estão presentes na internet com seus portais institucionais.

As atualizações desses espaços interativos se dá com o auxílio da Pascom e com os Setores e Assessorias de Comunicação das dioceses. Essa presença tem crescido também nas redes sociais, através de contas institucionais no Instagram e no Facebook, as principais redes sociais de maior acesso no Brasil. No regional apenas uma diocese ainda não tem conta no Instagram, por exemplo. Já no Facebook, todas estão presentes.

Desafios

Muitas e diversas são as iniciativas no campo da comunicação no Regional Centro-Oeste – afirmou dom Levi – , mas é preciso continuar avançando. Um ponto a se considerar é a relação com os meios de comunicação laicos. Ainda é muito tímida a nossa relação, disse.

“Precisamos trazer esses meios para o diálogo, apresentar o pensamento e a fé católica para que toda a sociedade a conheça. Como tem sido celebrado, por exemplo, o Dia Mundial das Comunicações Sociais em nossas cidades? Quem tem acesso à mensagem do Papa para esse dia?”, perguntou. Precisamos sair, disse o bispo.

Outro grande desafio da comunicação católica em nosso regional, é a profissionalização. Só com a qualificação profissional é possível conseguirmos ser ousados também e atingir a sociedade, dialogar com os meios de comunicação, ir além dos nosso meios de comunicação. Evangelizar para fora de nossos muros é nosso maior desafio nos dias atuais e, para isso, precisamos falar a língua da sociedade sem perder a nossa identidade.
A profissionalização, no entanto, requer investimento em material e pessoal. Precisamos estar cientes dos passos que estamos dando neste sentido, disse dom Levi.

Visita ad Limina
A visita ‘ad limina Apostolorum’, que significa no limiar, na soleira, na entrada, nos limites (das basílicas) dos apóstolos (Pedro e Paulo), é uma visita dos bispos diocesanos aos túmulos dos Apóstolos, na Diocese de Roma, feita com periodicidade quinquenal, ou seja, obrigatória a cada cinco anos. É prevista no Código de Direito Canônico nos seus cânones 399-400.

Além disso, a visita também é, evidentemente, uma visita de trabalho, de reuniões e de contatos que os bispos fazem junto à Santa Sé e a seus diversos organismos e dicastérios e comissões pontifícias.

Além do encontro pessoal e em grupo com o Santo Padre, e da visita aos diversos organismos que fazem parte da Cúria Romana, os bispos celebram juntos a santa missa nas quatro basílicas papais de Roma: São Pedro, São Paulo Fora dos Muros, Santa Maria Maior, e São João de Latrão – sede da Diocese de Roma.

A visita é uma demonstração de afeto e de obediência ao sucessor de Pedro num reconhecimento visível de sua universal jurisdição sobre todo o orbe [mundo] católico dentro de uma peregrinação dos bispos a Roma e com um encontro pessoal com o Santo Padre.

Na volta às fontes e inspirações originais, bem como a celebração nos lugares emblemáticos da fé católica, os pronunciamentos do Santo Padre são fonte de conselho, orientações e diretrizes para as igrejas particulares.

Um dos pontos importantes é o envio dos relatórios completos sobre a situação das dioceses, normatizado pelo Papa São Pio X já em 1909. “Nesse relatório, os bispos prestam contas de suas administrações ao Papa e à Santa Sé. É um relatório minucioso sobre a situação geral e o estado específico da diocese. Esse relatório deve ser entregue em até seis meses antes da visita e não menos de três meses do início desta.

O elenco dos bispos e administradores diocesanos do Regional Centro-Oeste:

1. Cardeal Sérgio da Rocha – Arcebispo de Brasília
2. Dom Washington Cruz – Arcebispo de Goiânia
3. Dom Antônio Fernando Brochini – Bispo de Itumbiara
4. Dom Carmelo Scampa – Bispo de São Luís de Montes Belos
5. Dom Dilmo Franco de Campos – Bispo Auxiliar de Anápolis
6. Dom Eugène Lambert Adrian Rixen – Bispo de Goiás
7. Dom José Aparecido Gonçalves de Almeida – Bispo Auxiliar de Brasília
8. Dom José Francisco Falcão de Barros – Bispo Auxiliar do Ordinariado Militar do Brasil

9. Dom José Francisco Rodrigues do Rêgo – Bispo de Ipameri
10. Dom Levi Bonatto – Bispo Auxiliar de Goiânia
11. Dom Marcony Vinícius Ferreira – Bispo Auxiliar de Brasília
12. Dom Moacir Silva Arantes – Bispo Auxiliar de Goiânia
13. Dom Nélio Domingos Zortea – Bispo de Jataí
14. Dom Waldemar Passini Dalbello – Bispo de Luziânia
15. Padre Francisco Agamenilton Damascena – Administrador Diocesano de Uruaçu
16. Padre Vanildo Fernandes da Mota – Administrador Diocesano de Rubiataba-Mozarlândia

SDS Bloco H - nº 26 - Sala 507 - Edfício Venâncio II

CEP: 70393-000 - Brasília - DF - Brasil (061) 32265540 - Fax: (061) 3225 3409 crb@crbnacional.org.br

2018 - CRB Nacional.org.br

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?