Por Rosinha Martins | 13.06.2016 | A relíquia da bem-aventurada Assunta Marchetti, co-fundadora da Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeo-scalabrinianas, se encontra desde o último dia 07, em Brasília, visitando paróquias da Arquidiocese.

Assunta Marchetti foi beatificada em 25 de outubro de 2014 na Catedral da Sé, em São Paulo. Desde então, o governo geral das Scalabrinianas tem possibilitado aos fiéis católicos o encontro com a relíquia da beata através desta peregrinação pelas Igrejas do Brasil.

A primeira comunidade a receber a relíquia foi a Paróquia do Pai Nosso, no Lago Norte. Na ocasião, o pároco, padre José Avelarque Góis, lembrou o trajeto feito por Assunta Marchetti para responder ao chamado de Deus, como missionária ad gentes. “A presença da relíquia da bem-aventurada Assunta nos ajuda a compreender a importância do chamado a uma vocação específica para a missão ad gentes. Assunta Marchetti deixou a sua diocese de Lucca e veio para o Brasil aos 24 anos e daqui foi para o céu”, disse.

Ainda, durante a homilia, a missionária scalabriniana, Irmã Marizete, contou sobre o trabalho que realiza no Congo – África, junto aos imigrantes, especialmente na área de promoção humana com mulheres, em continuidade à missão iniciada por Assunta Marchetti.

Na Catedral Metropolitana de Brasília, durante a missa de abertura da Semana do Migrante, a relíquia esteve presente. “Relembrando a vida da bem-aventurada Assunta Marcehtti, relembramos os ensinamentos de Deus que ela colocou em prática a serviço dos irmãos”, afirmou o pároco, padre João Firmino Galvão Neto.

A Superiora Geral das Missionárias Scalabrinianas, Irmã Neusa de Fátima Mariano, que se encontra em Brasília para visita canônica às comunidades da Província Imaculada Conceição marcou presença na Celebração e falou da importância da visita da relíquia. “Essa visita expressa Madre Assunta como este grande sinal, presença como mãe dos migrantes. Foi emocionante perceber o carinho dos migrantes ao tocar e beijar a relíquia, pois sabemos das lutas e dos desafios presentes na vida deles, sobretudo os refugiados internacionais que aqui se encontram em Brasília”, relatou.

Para Irmã Neusa Assunta Marchetti “é essa figura que podemos propor para o mundo das migrações. É a mulher que viveu a experiência migratória, saindo da Itália para o Brasil, e viveu a serviço dos imigrantes, especialmente os mais sofridos e vulneráveis da sociedade”. Ela é, acrescentou, “sinal de vida e de esperança, que intercede pelo povo a caminho”.

Na noite do domingo, 12, a relíquia visitou, também a comunidade Nossa Senhora dos Migrantes, no Varjão, pertencente à Paróquia Nossa Senhora do Lago. Durante a missa o pároco padre Norbey Londoño apresentou aos fiéis a relíquia da bem-aventurada e fez um forte momento de oração, pedindo aos fiéis que estendessem suas mãos em direção à relíquia e pedisse a Assunta Marchetti as graças das quais necessitavam.

Ao final da Missa, dezenas de fiéis se dirigiram até o altar para tocar, venerar e pedir bençãos a Deus por intercessão da bem-aventurada Assunta.

Na próxima quarta-feira, uma missa com a presença da relíquia será celebrada, às 8h, na sede da CRB Nacional – Conferência dos Religiosos do Brasil, onde trabalha Irmã Rosa Maria Martins Silva. A missa será presidida pelo diretor das Pontifícias Obras Missionárias, o padre Camilo Pauletti e estarão presentes assessores, funcionários da CRB, a superiora geral das Scalabrinianas, Irmã Neusa de Fátima Mariano, a postuladora da causa da canonização de Madre Assunta, Irmã Jaira Mendes Garcia e as Irmãs das comunidades scalabrinianas de Brasília.

No dia 18, a relíquia segue para a paróquia dos missionários scalabrinianos, em Sobradinho, onde haverá uma Celebração Eucarística de encerramento da Semana do Migrante. No dia 19, a relíquia estará na Celebração Eucarística em inglês, com os filipinos.

Veja mais imagens

SDS Bloco H - nº 26 - Sala 507 - Edfício Venâncio II

CEP: 70393-000 - Brasília - DF - Brasil (061) 32265540 - Fax: (061) 3225 3409 crb@crbnacional.org.br

2018 - CRB Nacional.org.br

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?