Varsóvia (Polônia). Por ocasião do 50º aniversário da Comissão Episcopal Polonesa para as missões, do Episcopado da Polônia, foi instituído o prêmio pelos méritos da missão. A cerimônia de entrega da medalha, “Benemerenti in Opere Evangelizationis” se realizou no Castelo Real de Varsóvia, no dia 13 de novembro de 2017. O Núncio Apostólico da Polônia, o Arcebispo Salvatore Penacchio participou da celebração.

A medalha “Beneméritos em obras de Evangelização” é concedida em quatro categorias: por mérito no trabalho missionário; pela ajuda da oração e das missões espirituais; pelas missões de ajuda material e financeira e pela informação na mídia. Em cada uma destas categorias, o prêmio foi concedido a três pessoas ou instituições.

A medalha na categoria de méritos na obra missionária foi concedida a Ir. Alina Sienkiewicz FMA, por seus 46 anos de trabalho missionário: a assistência médica solícita e cheia de amor entre os doentes e sofredores indígenas brasileiros, a catequese das crianças e dos adultos, a difusão do culto da Misericórdia de Deus no coração da Amazônia no Brasil. O reconhecimento foi recebido pela Inspetora da Inspetoria Maria Auxiliadora (PLA), Ir. Anna Swiatek.

Ir. Alina Sienkiewicz nasceu em 25 de agosto em Swiety Duch (Polônia). Nos anos de 1948-1953 estudou na Universidade de medicina de Wroclaw, conseguindo o Diploma; em seguida completou os estudos com a especialização em pediatria, em Wroclaw,em 1959. Conseguiu também o diploma de catequista no Instituto Catequético Interreligioso em Cracóvia, em 1957.

Tendo entrado no Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, na casa de formação “Sta. Anna” em Cracóvia, em 1951, emitiu os primeiros votos religiosos em 1955. Desempenhou vários encargos: animadora dos cursos de catequese, trabalho no ambulatório, médica nas escolas.

No dia 7 de abril de 1968 foi-lhe conferido um prêmio pelo trabalho sacrificado e exemplar realizado no Escritório do D.R.N. Hospital Regional Sródmiescie VI a Wroclaw.

Em 1971 está na Casa Geral de Roma preparando-se para a missão ad gentes. Em 1972 parte para a missão no Brasil (Manaus), onde vive seu serviço de médica no hospital, professora na escola e catequista.

Durante a cerimônia o Núncio Apostólico lembrou as palavras do Papa Francisco “A Igreja não precisa de burocratas e empregados diligentes, mas de missionários apaixonados”. Em seguida entregou ao Bispo Jerzy Mazur, Presidente da Comissão para as Missões da Conferência do Episcopado da Polônia, a bênção do Papa Francisco e a medalha de prata do Pontíficado.

As palavras de agradecimento a todos/as os/as missionários/as da Polônia “por terem sido os/as embaixadores/trizes da Polônia” foram dirigidas pelo Subsecretário de Estado do Ministério dos Assuntos Exteriores Jan Dziedziczak que disse: “A diplomacia polonesa tem seus embaixadores oficiais, mas temos consciência de que cada missionária e cada missionário também é representante da Polônia no mundo”.

Vídeo da entrega da medalha em italiano.

SDS Bloco H - nº 26 - Sala 507 - Edfício Venâncio II

CEP: 70393-000 - Brasília - DF - Brasil (061) 32265540 - Fax: (061) 3225 3409 crb@crbnacional.org.br

2018 - CRB Nacional.org.br

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?