Aconteceu de 08 e 09 de junho, em Campo Grande (MS), Lagoa da Cruz, o pré-congresso vocacional com o tema: Vocação e Discernimento.

Foi assessor o Pe Joãozinho, assessor para os ministérios ordenados e VRC.

Na manhã do primeiro dia, o assessor tratou sobre a cultura vocacional, dizendo que não é uma meta a ser alcançada, mas um processo a ser retomado cotidianamente para reacender a chama do chamado-resposta. Se torna cultura vocacional, quando todos vestem a camisa do SAV, buscando viver e divulgar a vida cristã a partir do chamado de Deus. A Cultura vocacional deve ser missionária, visto que somos chamados para uma missão.

À tarde, foi refletido sobre Vocação e Discernimento (Reconhecer, Interpretar e Escolher em Lc 24,13-35 (Emaús), com seis passos:

1 – Acompanhar: colocar-se no caminho, e acompanhar (24,13-16), saindo dos próprios esquemas, esforçando-nos para acompanhar os ritmos em estradas imprevisíveis;

2 – Escutar: pergunta para escutar (Lc 24,17), os jovens querem ser escutados, reconhecidos, acompanhados, valorizados…

3 – Anunciar: retoma as escrituras para iluminar a inteligência, para aquecer os corações (Lc 24,25-27);

4 – Rezar: silêncio, contemplação, testemunho da oração, (Lc 24,28-29); oração pessoal e comunitária; a vocação é uma resposta de Deus providente à comunidade que reza, (Puebla 882);

5 – Reconhecer: olhos se abrem e coração aquecido levam ao reconhecimento, (Lc 24,30-32); Jesus tem a iniciativa de partir o pão, os discípulos têm a atitude de discernimento em reconhecer;

6 – Testemunhar: a experiência faz com que nos mova para sair e reconhecer o que Jesus está fazendo na vida dos outros, (Lc 24,33-35); partilha das experiências, sendo testemunhas;

No segundo e ultimo dia, foi feito trabalho e grupo para responder ao questionário que irá ajudar no 4º Congresso Vocacional do Brasil. A saber:

1 – Quanto ao tema “Vocação e Discernimento”, quais os maiores desafios e pistas?

2 – Como se realiza o acompanhamento dos vocacionados(as)?

3 – Em nossas atividades pastorais, estamos conseguindo atingir os jovens?

4 – Qual o perfil dos jovens que se dispõem a realizar um itinerário de discernimento vocacional(estrutura familiar, experiência eclesial…)?

5 – Quais iniciativas existem para ir ao encontro dos adolescentes e jovens que não participam da vida a comunidade eclesial?

6 – Existe no regional alguma iniciativa que auxilie no processo e discernimento vocacional de jovens e adolescentes?

FONTE:

Frei Rubens Nunes da Mota, OFMCap

Pré-Congresso Vocacional – 08 e 09 de junho, 2019

CNBB Regional Oeste1 – CRB 

Campo Grande (MS) -Lagoa da Cruz

SDS Bloco H - nº 26 - Sala 507 - Edfício Venâncio II

CEP: 70393-000 - Brasília - DF - Brasil (061) 32265540 - Fax: (061) 3225 3409 crb@crbnacional.org.br

2018 - CRB Nacional.org.br

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?