Por assessoria de imprensa|23.12.13| Um grupo de monges budistas no Japão fundou a organização “Monges Sem Fronteiras”, com o objetivo de unir as comunidades religiosas budistas e outras religiões para enfrentar problemas globais como a pobreza. O nome desta nova associação sem fins lucrativos é inspirado em outras Ongs que reúnem médicos e repórteres e é fruto da ideia de dois monges: Hiroaki Nakajima, 43 anos, monge budista líder do templo Jokoji, na cidade de Quioto, e Eryo Sugiwaka, 53 anos, líder do templo Hokkeji em Kameoka.

Como informado à Fides, a Ong quer reunir diversas escolas de budismo existentes no mundo para enfrentar problemas internacionais como a eliminação da pobreza, a discriminação e outras questões sociais. Também se quer favorecer a colaboração com comunidades religiosas de outras crenças e enfrentar juntos os problemas globais.

O budismo é praticado amplamente em várias árias do sudeste asiático, na Índia, Taiwan, China, Coreia. Segundo informações enviadas à Fides, além de enfrentar questões humanitárias, a organização pode também servir para despertar o interesse pelo Budismo no Japão, que aparentemente sofreu uma queda de seguidores e de apoio econômico nos últimos anos. É uma tentativa, observa uma fonte da Fides, de apresentar o budismo não apenas como filosofia ou caminho interior, mas também como um meio para promover obras de caridade e de concreto empenho no campo social.

Fonte: POM

SDS Bloco H - nº 26 - Sala 507 - Edfício Venâncio II

CEP: 70393-000 - Brasília - DF - Brasil (061) 32265540 - Fax: (061) 3225 3409 crb@crbnacional.org.br

2018 - CRB Nacional.org.br

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?