Intercongregacionalidade a serviço da vida no vale do Juruá

Há onze anos (2007) a Vida Religiosa Consagrada em Cruzeiro do Sul/Acre foi desafiada a assumir a administração do Hospital Regional de Juruá. Devido à carência de pessoas e o grande desafio, a VRC uniu-se num projeto Intercongregacional para responder à solicitação do governador Jorge Viana, para administrar o referido hospital que já estava construído há três anos, mas sem funcionamento.

Atualmente quatro religiosas colocam, diariamente, suas vidas a serviço da saúde neste hospital.

  • Irmã Nair Terezinha Reichert, da Congregação das Irmãs Servas de Maria Reparadora; diretora administrativa;
  • Irmã Marilene Viana Rodriguês, Irmãs de Notre Dame, setor de Unidade e Terapia Intensiva (UTI);
  • Irmã Marisa Martinelli, Irmãs Notre Dame, setor de Enfermagem;
  • Irmã Elisabete, Maria José Rebolsas Batista, Franciscana de São Jorge, coordenadora das compras e almoxarifados.

Essas congregações conduziram a vida do Hospital ao longo de onze anos. Trata-se, realmente de um Projeto Intercongregacional, cujo objetivo geral é: “…ser uma Instituição de referência na Região do Vale do Juruá, formando e qualificando recursos humanos, garantindo o acesso e atuando no sistema de saúde valorizando os princípios de humanização para promover um atendimento e assistência de qualidade”.

 No momento o Hospital encontra-se atingido pela crise financeira. Os recursos são escassos e tem sido um grande desafio manter os setores ativos e o atendimento à população.

Confiamos que Deus nos mostrará um caminho para dar continuidade. A Intercongregacionalidade tem sido um testemunho vivo da solidariedade e da atuação no serviço missionário das congregações que abraçaram esse Projeto em prol do Reino.

  

Posts relacionados

Dehonianos em festa!

honianos Hoje, 12 de agosto, celebramos o falecimento de Padre João Leão Dehon (1843 – 1925), Fundador da Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de

Leia mais »

O túmulo de um bispo

Aqui foi enterrado um santo profeta, que, até na morte, continua profetizando. Pedro Casaldáliga, “Anjo” da Igreja de São Félix do Araguaia. Santo Súbito! Do

Leia mais »