No V Encontro Internacional de Revistas da Vida Consagrada, Moisés Sbardelotto abordou a comunicação na Laudato si’, encíclica do papa Francisco. Sintetizou três aspectos:

1. A comunicação da encíclica

2. A comunicação na encíclica

3. A comunicação a partir da Laudato si”

Laudato sì é uma carta que supõe destinatários: “a cada pessoa que habita este planeta”; entrar em diálogo com todos” (LS 3); interlocutores: Conferências episcopais, santos, Bartolomeu, Mestre Islâmico, filósofo Paul Ricoeur, Declaração do Rio, Carta da Terra e outros.

Há palavras que se repetem na carta: humano – 187 vezes; Deus – 158.

A  Encíclica apresenta “alta” comunicação: em vários âmbitos educativos, o Pai é a fonte de toda comunicação; a “baixa” comunicação, como a degradaçao social” (LS 46).

O Papa fala de um Paradigma Tecnogrático: “O máximo de fins com o mínimo de meios. O que pode ser feito, deve ser feito”.

Como fazer uma comunicação ecológica?

Papa Francisco fala de 4 aspectos:

– O diálogo (LS 4)

– a Educação

– o amor civil (N. 231)

– a  Ecologia comunicacional integral (LS 138)

Importante é transformar o caos – pela organização – em  cosmos (oikos) (EG 221)

 

SDS Bloco H - nº 26 - Sala 507 - Edfício Venâncio II

CEP: 70393-000 - Brasília - DF - Brasil (061) 32265540 - Fax: (061) 3225 3409 crb@crbnacional.org.br

2018 - CRB Nacional.org.br

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?